2005-07-20

o erro como justificação para coisa nenhuma

A nova moda do momento é justificar-se a imperfeição evidente numa fotografia, como sendo algo intencional. Assume-se a falha através de uma justificação lógica. Tão lógica que quase somos levados a acreditar que o que se passou efectivamente foi um erro de avaliação nosso e não um detalhe intencional de quem realizou a imagem. E nem sequer me estou a referir a pannings, bracketings mal medidos nem tremuras ostensivas. Reporto-me apenas a formas de representação da realidade, uma realidade concreta, bididmensional onde todos os ingredientes se conjugariam para se obter um resultado aceitável, mas onde surge do nada, aquele pequeno "mas" que estraga tudo.

Depois ainda têem a distinta lata de me vir com justificações do tipo : "aquilo não está mal. foi premeditado".

Faz lembrar o outro que só dizia "Ah e tal...!" mas numa versão daguèrreotipada...

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Good design!
[url=http://mqzrdoor.com/ekdn/ucvb.html]My homepage[/url] | [url=http://gqopccap.com/cidp/wiga.html]Cool site[/url]

9:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Nice site!
My homepage | Please visit

9:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Good design!
http://mqzrdoor.com/ekdn/ucvb.html | http://bsntwjlo.com/kxkr/gbjn.html

9:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home